propaganda

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Amor sem Escalas

Título Original: Up in the Air (EUA, 2009)
Com: George Clooney, Vera Farmiga, Melanie Lynskey, Anna Kendrick e Danny McBride.
Direção: Jason Reitman
Roteiro: Jason Reitman e Sheldon Turner
Duração: 104 minutos


Nota: 5 (excelente)

O diretor Jason Reitman chega a seu terceiro filme com “Amor sem Escalas” após ter mostrado muito talento com “Obrigado por fumar” e “Juno”. E dessa vez ele realmente acertou a mão realizando o seu melhor filme. Ele dosou bem o humor irônico e inteligente de ‘Obrigado’ com um pouco de emoção e romance de ‘Juno’.

A história é baseada no livro escrito por Walter Kirn que vai ser lançado no Brasil graças ao filme. Estrelado por George Clooney, o filme conta a história de Ryan Bingham que é um consultor de uma empresa com a tarefa de demitir funcionários de outras empresas, que não sabem como fazer isso da melhor maneira. Sua vida é estar sempre viajando.

Seu estilo de vida é ameaçado quando surge em sua empresa a novata Natalie (Anna Kendrick), que tem a idéia de fazer a demissão via videoconferência, tirando a necessidade de ter pessoas viajando e reduzindo os custos. Ele então resolve mostrar a ela que as coisas não são assim tão simples e os dois começam a viajar junto para que ela possa entender melhor como a coisa funciona.

O outro personagem principal da história é Alex (Vera Farmiga), uma mulher com o estilo de vida de viagens a trabalho bem parecido com o de Ryan. Os dois se conhecem e acabam começando um relacionamento casual.

Os três atores estão muito bem com ótimas atuações cheias de carisma. Como falei no início o diretor Reitman consegue criar uma história inteligente com muito humor e emoção capaz de agradar os mais variados tipos de público. Talvez pensando nisso o título em português pareça de uma comédia romântica, mas felizmente o filme está bem longe disso.

Além dos três protagonistas o filme também conta com participações especiais bem interessantes de J. K. Simmons (Juno), Sam Elliott (Obrigado por fumar) e Zach Galifianakis (Se beber não case) como algumas das pessoas que são demitidas pelo Ryan.
O filme foi muito bem elogiado, com toda a razão, e deve ser um forte candidato ao Oscar 2010 e também de estar presente na minha lista de melhores filmes do ano. É realmente uma história que diverte e emociona.
Postar um comentário